Cheiro de Terra

  • Cheiro de Terra
  • Cheiro de Terra
  • Cheiro de Terra
  • Cheiro de Terra
Cheiro de Terra
Ref.: 978-85-66967-71-5
R$ 30,00



Ficha técnica

Lançamento 2019
Título original Com Cheiro de Terra
   
Formato 14 x 21 x 1,5 cm
Número de páginas 88
Peso 170 g
Acabamento Brochura
ISBN 978-85-66967-71-5
EAN 978-85-66967-71-5
Preço R$ 30,00

Ficha técnica e-book

eISBN  
Preço  

Conteúdos especiais

 
Capa em alta resolução (.png)
Capa web (.jpg)

Leia um trecho do livro

Introdução

A poesia regional proporciona o encontro da literatura com a cultura de um povo que manifesta a sua interpretação social e política, usando-a como instrumento para dar voz a realidade.
Cheiro de Terra é construído para cumprir essa função sócio política da literatura.  Recria situações e sensações em uma elaboração poética mostrando a realidade das consequências da escravidão e da pobreza.

Vivencia rural, trabalho, amor, abandono, paisagens bucólicas, luz, vento, pampa, cheiros e vozes constroem a memória afetiva do autor Jorge Claudemir Soares.  
Guardadas em um álbum de fotografias da memória emocional do autor as imagens agora alforriadas ganham voz através dos poemas que nos oferece em Cheiro de Terra. Com o peito aliviado da inconformidade da herança recebida e as consequências das injustiças e diferenças sociais, Jorge e a poesia cumprem juntos essa missão. 
Nilza Izabel - Editora

As lembranças que trouxemos repontadas da nossa infância, é um sentimento eterno que jamais se apaga, pois ficará arraigado no caráter simples do guri de campo, que teve, um dia, que sair de lá para poder evoluir culturalmente, pois, o campo já não o comportava mais como elemento integrante daquele ambiente. No entanto, quando esse guri sai para encontrar o homem, leva consigo, tudo aquilo que foi juntando na sua curta vivência campesina: um cheiro, um gosto, um som, uma paisagem, e até os gestos típicos daqueles com quem conviveu, e acaba tornando esse acervo em um cabedal inesgotável de saudosas lembranças do seu “status quoante”.

Dizem que a saudade dói, mas, muitas vezes, é uma dor tão gostosa, que acaba estereotipando aquilo que o homem povoeiro mais queria tersido.
As lembranças vindas da infância campeira, trazem o gosto do chimarrão na volta do fogo grande, do carreteiro de charque, o som do berro do gado, a imagem do pai montando a cavalo para a campereada, e até o andar “camboteado” de algum domador se preparando para a lida.
E tudo isso cria poemas que saem da alma, e vêm pousar na delicada alvura do papel, mas, não sem trazer lembranças COM CHEIRO DE TERRA!
Foto Autor

Jorge Claudemir Soares

Sobre o autor

Poeta, escritor, e advogado uruguaianense, nasceu em 15 de Fevereiro de 1960, formado em poesia pelo “observatório da natureza humana”, e bacharelado em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUC/RS em 2011.
Atinge hoje um objetivo que vem perseguindo desde tenra idade, pois, afora as diversas participações e premiações em festivais poéticos do Estado do Rio Grande do Sul, só agora, quando chega à fronteira da terceira idade é que logra êxito em publicar um livro de poesia gaúcha, através da Editora Viapampa. A sua vivência campeira, se restringe ao convívio com seus pais e tios, todos de origem camponesa (pai aramador e mãe cozinheira de estância), mas que, embora “povoeiro”, jamais abandonou suas origens, e tenta gritar, não só os problemas do campo, mas também, as suas belezas e magias, através da poesia.

Confira Também

  1. Nenhum produto disponível.
Cheiro de Terra
Rated 5/5 based on 44 customer reviews
Ficha técnica Lançamento 10/06/2019 Título original Das Seelenleben der Tiere Tradução Sonali Bertuol Formato 14